Wiki Diversidades
Advertisement

Mulheridade descreve a qualidade de gênero mulher. Podendo ser cis, trans ou pertencente a outra modalidade de gênero. O sexo ou a corporeidade de uma mulher pode ser muleriane ou não (no caso de intersexo ou wolffiane). Adjetivos para descrever o espectro mulheril incluem: feminil, femeal, feminal, femíneo/femínea/femínie, fêmeo/fême/fêmie.

Se autodefinir como mulher tem a ver com a forma de como essa pessoa entende a própria essência, com base nas relações sociais desta pessoa a respeito de si mesma com os outros grupos pré-existentes nesta sociedade em que ela está inserida. Ser mulher significa que esta pessoa se encaixa e se posiciona no meio social de forma mulheril. São suas vivências e entendimentos resumidos neste termo.

"Ser mulher" significa exatamente isto, uma existência definida pela própria pessoa como mulher. Isso pode ser associado à sororidade, à amizade entre mulheres e pessoas que se alinham a mulheres. Pode estar associada a querer experiências em grupos de mulheres e de querer ser viste, tratade e chamade de mulher.

Quando alguém diz que é uma mulher, isso representa que esta pessoa possui um sentimento de pertencimento e acolhimento a um grupo social onde as pessoas inclusas nele são rotuladas de "mulheres".

Mulheres não precisam ser delicades, passives, requintes e vaidoses. Nem ter uma aparencia femeal, agir com ternura ou de forma “sensivel e afetuosa”. Mulheres não precisam usar um conjunto de linguagem considerado tipicamente “feminino” (a/ela/-a) ou ter uma expressão de gênero feminina; a única coisa que define se alguém é ou não mulher, é a própria pessoa.

Mulheres podem ser não-binárias, homens ou binárias. Nem toda mulher se identifica como menina, moça ou garota, e vice-versa, êssas são denominadas como pleonóticas.

Advertisement